terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Ler é assim | Então, conheci minha irmã

Oi gente!


Tem resenha de livro hoje! \o/

Baixei esse livro muito por acaso e foi uma grande descoberta!
Ele é pequeno, então dá pra ler em poucos dias, e a leitura é bem fácil!
Então, conheci minha irmã de Christine Hurley Deriso.

Sinopse:
Summer Stetson não conheceu sua irmã. Sua mãe engravidou dela assim que Shannon morreu, aos 17 anos, em um terrível acidente de carro, que se chocou com uma árvore. Ao longo de sua vida, Summer acostumou-se a assistir seus pais repetirem o quanto a irmã era perfeita, amada e boa filha, e por isso sempre acreditou que fosse uma decepção para eles. Ao fazer 17 anos, recebe da tia de presente o diário que Shannon escrevia até o dia de sua morte. Ao ler aquelas páginas para saber mais sobre a irmã, acaba descobrindo alguns segredos, e a cada revelação, sobre a família e sobre si mesma, entende que a verdade pode ser, por vezes, dolorosa, mas nunca deixará de ser libertadora.

Summer sofreu muito porque sua mãe queria que ela fosse como a irmã, Shannon! Mas ela nem chegou a conhecer a irmã, como poderia seguir o mesmo caminho que ela? Como poderia gostar das mesmas coisas? Viver os mesmos momentos?
Mas após ganhar o diário ela começa a conhecer a irmã, a ver quem ela realmente era e, com tudo o que ela escreveu no diário, Summer conseguiu entender sua família, sua irmã, e o principal, a se conhecer!!! 


O livro é tão bonitinho que você fica com dó das irmãs não terem se conhecido, elas seriam muito amigas, sabe? Mas...se a morte da irmã mais velha não tivesse acontecido a irmã mais nova talvez nem existisse! 


O legal da história é que Summer contou com a ajuda de duas pessoas muito especiais na leitura do diário, sua tia Nic e seu amigo Gibs! Aliás, um amigo bem prestativo e carinhoso! 

O livro não tem muitas reviravoltas e nada muito extraordinário, é uma historinha bem sessão da tarde! Leve e feliz!

Lição da leitura:  a história mostra que nenhuma vida é igual a outra, somos seres humanos e cada um é cada um. Cada pessoa constrói seu caminho e trilha a sua jornada! Não podemos viver sendo o que a outra pessoa quer que a gente seja, temos que ser nós mesmos!

Termômetro de Coraçõezinhos: 

Beijos,
Gábi

2 comentários:

  1. Olá Gábi tudo bem???


    Nossa que fofo esse livro, gostei!!!

    Depois que ganhei meu kindle me permiti ler vários tipos de livro e isso tem sido maravilhoso...


    Beijinhos;
    Débora.
    https://derbymotta.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. Gente esse livro é tudo de bom! depois leia a minha resenha no meu blog tambem: https://parafalardecasamento.com.br/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...